Publicado 09 de Agosto de 2013 - 8h50

Por France Press

Um avião de carga militar etíope se acidentou e depois se incendiou nesta sexta-feira quando pousava no aeroporto da capital somali de Mogadíscio, deixando ao menos quatro mortos entre a tripulação, afirmou uma fonte dos serviços de segurança. "Era um avião de carga militar e havia seis tripulantes dentro", disse a fonte. No local do acidente foram observadas grandes colunas de fumaça preta, segundo as testemunhas.

"Quatro pessoas morreram e duas foram socorridas", disse a mesma fonte. As autoridades fecharam o aeroporto.

O governo etíope não confirmou ou desmentiu a informação.

O representante especial das Nações Unidas para a Somália, Nick Kay, apresentou imediatamente suas condolências por este incidente trágico.

Fontes do aeroporto em Mogadíscio informaram que foram ouvidas diversas explosões à medida que o fogo se propagava, fazendo pensar que transportava munições ou outros produtos inflamáveis.

A Etiópia enviou um contingente militar ao sudoeste etíope no fim de 2011 para combater os insurgentes islamitas shebab junto a uma força da União Africana (Amisom), ao frágil exército somali e a militares quenianos.

O exército etíope tornou possível a tomada de importantes bastiões que estavam nas mãos dos shebab na zona, mas nos últimos meses Adis Abeba iniciou sua retirada.

Escrito por:

France Press