Publicado 22 de Agosto de 2013 - 22h17

Manifestante entrega panfleto sobre as reivindicações do movimento que exige passe livre em Campinas

Rodrigo Zanotto/Especial para AAN

Manifestante entrega panfleto sobre as reivindicações do movimento que exige passe livre em Campinas

O Largo do Rosário, no Centro de Campinas, foi palco de duas manifestações na tarde desta quinta-feira (22).

Os protestos, que começaram por volta das 16h, foram organizados pela Frente Contra o Aumento das Passagens e pelo Sindicato dos Bancários de Campinas e reuniram mais de 60 pessoas.

O objetivo da Frente Contra o Aumento das Passagens foi distribuir mais de 3 mil panfletos sobre as reivindicações do grupo.

“Estamos lutando por melhorias no transporte público. Queremos transparência, Comissão Parlamentar de Inquérito do Transporte. Já fomos à Câmara várias vezes, mas os vereadores ainda não entenderam que a juventude quer mudança”, disse o estudante e professor Ronald Alexandre, integrante do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O grupo reivindica também a saída do secretário de Transportes Sérgio Benassi.

O protesto dos bancários também teve distribuição de informativo para conscientizar a população. “Lutamos contra o Projeto de Lei 4330, que trata da terceirização e precariza as relações de trabalho”, afirmou Jeferson Boava, presidente do sindicato.

A manifestação deu início à campanha nacional da categoria.