Publicado 10 de Agosto de 2013 - 19h19

O governador Geraldo Alckmin durante abertura do Fórum neste sábado em Campinas

Janaína Maciel/AAN

O governador Geraldo Alckmin durante abertura do Fórum neste sábado em Campinas

Os debates sobre Mobilidade Urbana e Educação com foco no desenvolvimento dos municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC) foram os principais temas abordados neste sábado (10) durante a segunda edição do Fórum Regional de Campinas. O evento reuniu cerca de 300 empresários da região, além de autoridades, como o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Jonas Donizette (PSB). O encontro foi promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide), no Hotel Royal Palm Plaza e marcou o lançamento da unidade do Lide em Campinas, comandada pelo empresário Juan Quirós.

O tema Mobilidade Urbana foi o primeiro a ser abordado. O assunto é visto como um dos grandes desafios de toda região, já que Campinas é cortada pelas mais importantes rodovias do Estado, tem um dos mais importantes aeroportos do País e está em uma região estratégica para o escoamento da produção do Interior paulista.

Foto: Janaína Maciel/AAN

O empresário Juan Quirós, que assumiu a liderança do Lide na região

O empresário Juan Quirós, que assumiu a liderança do Lide na região

Trens e aviões

O governador participou da abertura e deixou a cidade para cumprir seis compromissos em municípios próximos. Antes, deu um panorama dos investimentos do governo na região e ressaltou a construção de marginais em rodovias estratégicas para a RMC, como as que dão acesso a Viracopos. “Viracopos é o aeroporto de maior potencial do país. Precisamos atender a demanda que ele irá criar com a duplicação do Anel Viário e da Rodovia Miguel Melhado, ampliação da Santos Dumont e Lix da Cunha.”

Alckmin também ressaltou a importância de investimentos em ferrovias para o transporte de passageiros. “Estamos finalizando os editais para a rede integrada de linhas ferroviárias de passageiros. A região de Campinas será beneficiada”, afirmou.

 

Foto: Janaína Maciel/AAN

João Doria Jr., que é presidente do Lide, em entrevista durante o evento

João Doria Jr., que é presidente do Lide, em entrevista durante o evento

Os debates

O ciclo de discussão foi aberto pelo secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, que afirmou que a intenção do Estado é captar passageiros das rodovias para a ferrovia. “Para distâncias mais curtas é preciso utilizar trechos ferroviários. Estamos com os estudos dos trens regionais e suburbanos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que queremos trazer para Campinas. Outra avaliação é criar um trem para atender Viracopos”, afirmou.

Na sequência, foi aberta uma rodada de perguntas dos empresários sobre transportes e logística urbana. O presidente do Grupo Advento e coordenador do Lide Campinas, Juan Quirós, quer criar um seminário para debater a logística e o transporte em Campinas.

Foto: Janaína Maciel/Especial para a AAN

Sylvino de Godoy Neto, presidente do Grupo RAC, nos debates do Fórum

Sylvino de Godoy Neto, presidente do Grupo RAC, nos debates do Fórum

O ex-ministro do Turismo e presidente do Conselho da Kroton Educacional, Walfrido dos Mares Guia, falou sobre Educação qualificante e os efeitos econômicos e sociais. “O aumento da produtividade está ligado à Educação. A função da escola é garantir que os alunos ganhem esse conhecimento. A obrigação dos prefeitos é dar prioridade para saber se os alunos da 1ª série aprendam a ler e escrever. Hoje no Brasil temos uma legião de analfabetos.”

O diretor-presidente do Grupo RAC, Sylvino de Godoy Neto, que pertence ao comitê gestor do Lide Campinas e compôs a mesa do Fórum, disse que as discussões são de fundamental importância para o futuro da região. “Os temas debatidos no Fórum hoje são grandes desafios para o futuro e precisam ter empenho de gestão.”

VEJA O VÍDEO