Publicado 14 de Julho de 2013 - 5h00

Por Milene Moreto

iG - Milene Moreto

Cedoc/RAC

iG - Milene Moreto

Dia de aniversário

Em 239 anos, Campinas escreveu muitas histórias, foi protagonista de atos nacionais importantes para a construção da democracia no País, revelou lideranças políticas nacionais e, nos capítulos recentes, assistiu perplexa a uma crise política sem precedentes. Com uma nova eleição e a posse de um novo prefeito a população espera o prometido desenvolvimento, as melhorias em todos os setores do serviço público, a transparência e o uso adequado do dinheiro pago em impostos.

 

No compasso de espera

O campineiro tem motivo para se irritar e desconfiar dos políticos. Acontece que o sentimento de insatisfação é geral, de todos os brasileiros que agora passaram a cobrar ações de seus governantes e prometem uma rebelião nas urnas. Falta muito para que o sistema político seja o mais próximo do ideal, que exista a independência entre os poderes e que os representantes do povo governem para o povo. Mesmo a passos lentos, há que se acreditar na mudança.

 

Superfaturou

E o prefeito cassado Hélio de Oliveira Santos (PDT), em seu blog, deu uma “superfaturada” no aniversário de Campinas e disse que a cidade comemora 339 anos. Em seu “discurso comemorativo”, o ex-mandatário do Palácio dos Jequitibás fala sobre o desenvolvimento da região do Aeroporto de Viracopos, do Campo Grande e Ouro Verde.

 

Em nome de Simões 1

O vereador Carlão do PT encabeça uma série de debates na região do Ouro Verde com os militantes do partido sobre o Processo de Eleições Diretas do Partido dos Trabalhadores (PED 2013), que ocorrerá em novembro deste ano.

 

Em nome de Simões 2

Carlão é membro da Militância Socialista, corrente interna do Partido que escolheu Renato Simões (Secretário Nacional de Movimentos Populares do PT) como candidato à Presidência Nacional do Partido. Carlão planeja realizar o total de seis debates em diferentes regiões de Campinas.

 

Na disputa

Também na disputa pela presidência nacional do PT está o ex-secretário de Cultura do governo de Izalene Tiene (PT), Valter Pomar. O petista é atualmente membro do Diretório Nacional do PT e secretário executivo do Foro de São Paulo, organização que reúne partidos de esquerda da América Latina.

 

No ninho

O diretório municipal do PSDB enviou à Executiva estadual a defesa do processo de impugnação da eleição que reelegeu a deputada estadual Célia Leão como presidente. O processo foi movido pela “ala dos descontentes” dentro do ninho tucano, o que inclui o vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira e o vereador mais bem votado de Campinas, Artur Orsi.

 

Para anular

Os dois e mais um grupo de filiados tucanos pediram a suspensão do pleito por acreditarem que os prazos para a apresentação das chapas não foram respeitados. Na defesa, o diretório pede a suspensão e o arquivamento do processo. O grupo de Orsi foi isolado do diretório que tem em sua maioria integrantes do grupo de Célia e do deputado federal Carlos Sampaio.

 

40 minutos com Jonas

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), participa hoje de um passeio turístico pelo Centro Histórico de Campinas, no roteiro intitulado "As Sete Maravilhas de Campinas". O evento integra as atividades de aniversário da cidade. O trajeto será exclusivo para autoridades, convidados e imprensa e terá duração de 40 minutos. Para o tour pela ruas do município, a Prefeitura disponibilizou um ônibus que levará todos os que foram escolhidos para passar esse tempo ao lado do prefeito. Será que cabe todo mundo?

Escrito por:

Milene Moreto