Publicado 11 de Julho de 2013 - 14h17

Sindicalistas param trânsito na Baixada Santista

Nara Assunção/Especial para AAN

Sindicalistas param trânsito na Baixada Santista

No Dia Nacional de Lutas, que acontece nesta quinta-feira (11), os sindicatos cumpriram o que prometeram na tarde de quarta-feira (10) e pararam o trânsito em diversos pontos na Baixada Santista. Na região, a paralisação aconteceu nas cidades de Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente.

Mais de 80 sindicatos organizaram as manifestações e bloquearam pontos estratégicos da Baixada Santista, como a divisa de Santos e São Vicente, a entrada de Praia Grande, além das rodovias Anchieta e a Cônego Domênico Rangoni, que dão acesso à Cubatão e Santos. Muitas pessoas deixaram de trabalhar, pois não conseguiram de locomover de uma cidade para outra.

A Cônego Domênico Rangoni e Anchieta foram liberadas após o meio dia, quando os manifestantes seguiram em direção à Prefeitura de Cubatão, onde permaneceram por pouco tempo. Já em Praia Grande, os acessos pela Rodovia Padre Manuel da Nóbrega e pela Ponte do Mar Pequeno também foram bloqueados. Na Padre Manoel da Nóbrega, o trânsito já flui normalmente.

Os trabalhadores interromperam também a atividade em indústrias, terminais portuários e bancos. Já os serviços públicos, funcionam normalmente. Em Santos, centenas de manifestantes se concentraram, nesta manhã, na Praça Mauá, onde fica a prefeitura e fizeram suas reivindicações, além de explodir rojões no local. No momento, eles começam a se dispersar.

Rodovias

De acordo com a Ecovias, a Anchieta segue bloqueada, porém é devido um acidente que aconteceu no quilômetro 49, no sentido litoral. A dica da concessionária é seguir pela Imigrantes.