Publicado 10 de Julho de 2013 - 18h04

Por Inaê Miranda

Delegado  Rui Pegolo disse que o criminoso estava em local privilegiado

Thiago Fonseca/Correio Popular

Delegado Rui Pegolo disse que o criminoso estava em local privilegiado

A Polícia Civil de Campinas vê indícios de que o assassinato do MC Daleste foi premeditado. O delegado da Delegacia de Homicídios de Campinas, Rui Pegolo, disse que o criminoso estava em local privilegiado no momento dos disparos.

Segundo as investigações policiais, o tiro que acertou o cantor foi em diagonal. Olhando de frente para o cantor, o tiro foi disparado da esquerda para a direita. Um fragmento da bala foi encontrado pela polícia.

Seis testemunhas foram ouvidas nesta quarta-feira (10) e os familiares e integrantes da equipe do funkeiro devem ser ouvidos nesta quinta-feira (11). A polícia descartou a possibilidade de pessoas que estavam atrás do cantor terem envolvimento com o crime, já que durante os depoimentos não tiveram contradições.

Vários vídeos estão chegando até as mãos dos policiais e podem ajudar no esclarecimento da morte.

Escrito por:

Inaê Miranda