Publicado 10 de Julho de 2013 - 12h36

Praias de Castelhanos, em Ilhabela

Reprodução

Praias de Castelhanos, em Ilhabela

Moradores e turistas que frequentam as praias de Castelhanos e Bonete, em Ilhabela, pressionam a prefeitura a desistir de alterar as regras de ocupação das praias.

No último fim de semana, eles protestaram em frente ao Yacht Club contra o projeto da prefeitura que muda a classificação das praias e permite a urbanização e o loteamento das duas praias.

O Grupo Setorial de Coordenação do Litoral Norte, criado para realizar a revisão do Plano Estadual de Gerenciamento Costeiro das quatro cidades da região, votou e aprovou o mapa proposto pela prefeitura, que vai orientar o uso e ordenamento territorial das áreas costeiras, dividindo-as em zonas específicas.

Para o presidente do Instituto Ilhabela Sustentável, Jorge Grego, a aprovação do mapa causou preocupação entre representantes da sociedade civil organizada que acompanharam o processo e, inclusive, apresentaram uma proposta consolidada por diversas entidades e representantes de comunidades tradicionais.

“O documento não foi considerado pela comissão responsável pela aprovação”, afirmou Grego.

Segundo o diretor de Planejamento e Projetos de Ilhabela, Guilherme Galvão, a proposta do município, assim como de todo o Litoral Norte, ainda será analisada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente.

“A proposta voltará para ser apresentada e debatida em audiência pública. A prefeitura fará reuniões para discutir o tema e suas alterações em toda a cidade, inclusive nas comunidades tradicionais, como Bonete e Castelhanos.”