Publicado 11 de Julho de 2013 - 14h29

A Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) representada por seu presidente, Antonio Azevedo, encaminhou documento oficial ao Ministro do Turismo, Gastão Vieira, mostrando-se contra a decisão da Infraero de iniciar a cobrança de taxa adicional relativa aos passageiros que estiverem em voos de conexão, mesmo que estes já tenham pago a taxa de embarque em seu aeroporto de origem.

De acordo com a resolução 274 da ANAC, a cobrança será iniciada a partir de 19 de julho e a taxa poderá variar entre R$ 3 e R$ 7. “Somos totalmente contrários não apenas pelo momento impróprio para tal, mas porque esta medida vai onerar ainda mais as tarifas das passagens aéreas, penalizando especialmente as populações das cidades mais remotas e carentes de infraestrutura de mobilidade, que não tem voos diretos, sendo os usuários obrigados a efetuar diversas conexões para chegar aos seus destinos finais”, explica o presidente da ABAV.

“Neste sentido, contamos com a sensibilidade do Ministro Gastão para que encaminhe nossa pleito às autoridades responsáveis, como a Secretaria da Aviação Civil, para que esta absurda taxa seja imediatamente revogada, evitando mais um fator de desagrado e revolta dos usuários do transporte aéreo, que sofrem em aeroportos na sua maioria precários”, finaliza.

Em resposta e apoio à solicitação da ABAV, o ministro garantiu que levará o assunto aos órgãos competentes.