Publicado 10 de Julho de 2013 - 16h40

Capa de calendário temático do Doutor Estranho lançado pela Marvel Comics para celebrar o personagem

Divulgação

Capa de calendário temático do Doutor Estranho lançado pela Marvel Comics para celebrar o personagem

Ele pode não ser o mais adorado, conhecido e popular entre os fãs de quadrinhos. Mas pouco importa, já que Stephen Vincent Strange, o Doutor Estranho, é o personagem mais poderoso do universo mágico e místico da Marvel Comics. Ou seja, não tem pra ninguém, mesmo, muitas vezes, ficando encalhado nas bancas e lojas especializadas. 

A primeira aparição do todo-poderoso foi na Strange Tales n110 há exatos 50 anos, em julho de 1963, quando ele ainda era apontado como o mestre da magia negra. Porém, com a morte de seu mentor, ele passou a ter o título de Mago Supremo, tornando-se praticamente invencível.

Criado pelo gênio das HQs Stan Lee, e pelo desenhista Steve Ditko, o cinquentão, assim como muitos de seus colegas, entre eles Homem-Aranha, Hulk, Homem de Ferro e Capitão América, promete sair das revistas em quadrinhos para ganhar espaço também nas telonas.

No mês de aniversário de meio século do Doutor Estranho, o mercado já dá como certo que a Marvel Studios anunciará na tradicional Comic-Con que acontece em San Diego, na Califórnia, entre os dias 18 e 21, a produção de um longa com o Mago Supremo para julho de 2016. Tanto que o tradicional site especializado no assunto, Latino-Review.com, já afirma ter detalhes dessa trama, mesmo ela sendo mantida a sete chaves.

Dr. Stephen Strange é um cirurgião arrogante que, depois de perder o uso das mãos em um acidente de carro, parte em busca de uma cura. Esse acidente que marcará a vida do personagem no filme é igual ao dos quadrinhos, segundo o site, diferentemente do longa produzido em 1978 pela Universal, tendo Peter Hooten no papel principal e Jessica Walter como a feiticeira Morgana.

A produção foi feita como forma de episódio-piloto para uma série de TV, mas a ideia não foi para frente. Um dos motivos apontados foi as mudanças em relação aos quadrinhos — Stephen Strange é mulherengo, ao invés de arrogante, é órfão, residente de psiquiatria, e, como dito, não sofre o acidente.

Na história original, Dr. Stephen gasta toda a sua fortuna na busca pela cura, até conhecer um certo ancião no Tibete, que o ensina a canalizar e manipular, com artes marciais e magia, todo tipo de energia. É então que ele encontra a redenção como o maior mago do universo Marvel. O roteiro do aguardado filme de 2016, ainda de acordo com o site, foi escrito por Thomas Dean Donnelly e Joshua Oppenheimer, está pronto desde 2011, e promete explicar tudo isso.

Kevin Feige, presidente de produção da Marvel, disse no começo do ano que há tempos o Doutor Estranho está em discussão e que ele faz parte, sim, dos planos da empresa. Muitos dizem que a ideia é transformar o Mago Supremo no novo Homem de Ferro — lembrando que o terceiro filme do super-herói lançado este ano passou de US$ 1 bilhão em bilheteria.

“A Marvel sempre pegou personagens ‘reais’, entre aspas, claro, para as telonas. O Homem-Aranha é um adolescente comum que sofre na escola. O Capitão América é apenas um cidadão que quer servir seu país na guerra. O Homem de Ferro quase morre e, por ser rico, constrói suas armas e poderes. Tudo isso atinge mais o pessoal, é mais tangível. O fato de ter magia pode ter colocado esse personagem de lado até agora”, analisa Michael Lincon França, da loja especializada em quadrinhos de Campinas Comic City.

O Doutor Estranho e o Homem de Ferro, apesar de terem sido criados com apenas quatro meses de diferença (o segundo aparece pela primeira vez em no gibi Tales of Suspense nº 39, de março 1963), têm muitas semelhanças. A começar pelo cavanhaque, passando pela arrogância, até chegar no Olho de Agamotto que o Doutor carrega como um amuleto junto ao peito, muito similar ao Reator de Arco do Homem de Ferro.

Em 2007, a Marvel chegou a lançar uma animação com o personagem com mais elementos fiéis aos quadrinhos, como a complicada relação dele com a irmã Donna. No suposto futuro filme, ao contrário dos quadrinhos, ela é mais velha, tem 13 anos, e Stephen, 10. A cena inicial será em um lago, quando Donna desafia o irmão a nadar até o fundo, num trecho brilhante. Só que, quando ela mergulha, acaba desaparecendo, e as luzes cegam Stephen. Ninguém encontra vestígios de Donna e um psicólogo da polícia sugere que Stephen possa ter cometido um ato tão horrível que se recusa a aceitá-lo.

História

Alguns dos personagens mais conhecidos das histórias do Doutor Estranho são Dormammu — que usa a Dimensão Negra como base de seus ataques ao plano terreno —, a feiticeira Clea, sobrinha de Dormammu e interesse amoroso de Strange, e o serviçal Wong, guardião da residência do Doutor Estranho: o sobrado de três andares chamado Sanctum Sanctorum, construído em Nova York sobre terreno pagão e ponto de confluência de energias sobrenaturais.

Já entre os instrumentos usados pelo Mago Supremo, os mais conhecidos são a Capa de Levitação, o livro de feitiços Vishanti, e o Olho de Agamotto, que serve como proteção, revela ilusões, dispensa magias e gera rajadas de energia.

“A procura pelo Doutor Estranho é feita na maioria das vezes pelos mais velhos, por pessoas que curtem quadrinhos há tempos. O personagem ganhou mais notoriedade com o público jovem recentemente porque ele fez parte da equipe de Os Vingadores até o ano passado. Mas, se realmente anunciarem um filme, tudo muda”, explica França.

Isso foi exatamente o que aconteceu com os Guardiões da Galáxia, lembra o especialista. “A própria Marvel não estava produzindo nada deles até 2009. Mas quando começou a se falar em filme, eles trouxeram tudo de novo e produziram muito material. Agora o filme já é real e a previsão, inclusive, é que ele saia antes de Os Vingadores 2.” Ou seja, os super-heróis continuarão em alta por muito mais tempo e claro que o todo poderoso não ia querer ficar de fora.