Publicado 10 de Julho de 2013 - 21h53

Por Adriana Ferezim

Cerca de 30 barracas estão montadas na avenida Beira Rio

Antonio Trivelin/AAN

Cerca de 30 barracas estão montadas na avenida Beira Rio

Começa na noite desta quinta-feira (11) a programação festiva da 187ª Festa do Divino de Piracicaba. O tradicional jantar, que abre os eventos de gastronomia e lazer na Irmandade do Divino e no Largo dos Pescadores, terá início às 20h. Na quarta-feira (10) foi celebrada a última missa do tríduo, que teve início na segunda-feira (7).

O público poderá saborear leitoa, frango à passarinho e o cuscuz, que será cozido em novas cuscuzeiras, feitas em inox e que permitirão manter o preparo desse prato típico no vapor. Dessa forma, os organizadores do evento cumprem a orientação da Vigilância Sanitária.

Para animar o público, haverá apresentação musical no salão de festas da Irmandade e também na área externa, onde foi instalada uma tenda com pé direito mais alto, encobrindo inclusive o palco, para garantir mais conforto ao público. Nessa rua, também há cobertura de tenda para uso das pessoas que irão prestigiar o evento, que acontece até domingo (14).

Durante a tarde desta quarta, os voluntários trabalharam na cozinha da Irmandade, nos preparativos dos pratos. Na avenida Beira Rio, os comerciantes também trabalhavam na montagem das tendas e na arrumação dos produtos que serão comercializados. No evento também está uma tenda que terá a renda revertida para entidades sociais.

Resultado

Os comerciantes afirmaram que o resultado do trabalho nessa festa é um dos melhores, entre os eventos realizados na cidade. "Vou participar pelo terceiro ano e essa festa sempre foi boa, como também é a Festa do Peixe e da Cachaça", afirmou Chico da Costela.

Ele estará oferecendo no evento lanches de pernil, calabresa, pernil no rolete, lanche de costela, além de cuscuz e hot dog. "As pessoas vêm para jantar na festa, mas também consomem lanches", explicou Elisângela Souza.

O evento também atrai comerciantes de outras cidades. O casal Fernando e Elisa Hara Oiye, é de Itapira e trabalha na festa há cinco anos. A barraca deles irá comercializar crepes, churros, doces e bebidas. "É uma das melhores festas para trabalhar. Tem bom público e sempre vendemos bem", comentaram.

Leilão

Na sexta-feira (12), além do jantar, será promovido o leilão de prendas que foram oferecidas pelos devotos do Divino, com início também às 20h. No final da noite, haverá a tradicional queima de fogos de artifício.

De acordo com a secretária municipal de Turismo, Rose Massarutto, neste ano, os organizadores estão propondo uma surpresa na queima de fogos. "Acredito que o público irá gostar muito. Junto com os fogos haverá um efeito de luzes. É uma das novidades de sexta-feira", contou.

No sábado (13), a festa começa às 14h, com as apresentações de danças folclóricas e cururu e o início da grandiosa procissão, às 15h, com o Encontro das Bandeiras, no rio Piracicaba e missa campal.

O Encontro das Bandeiras é o ponto alto da festa. As embarcações que foram abençoadas no último domingo (7) levam as bandeiras. Um grupo de marinheiros sobe o rio, enquanto outro desce e uma grande queima de fogos anuncia o encontro, que todos os anos é acompanhado por milhares de devotos.

No evento também será feita a passagem da Bandeira dos festeiros deste ano, Antonio Benedito e Maria Inês Blanco, para os festeiros de 2014, Marcos Natale e Andrea Aparecida Torrezan. O jantar e a programação musical acontecem a partir das 20h.

Domingo (14), último dia do evento, haverá procissão às 9h, missa campal e será servido almoço a partir das 11h. Explosões de morteiros encerram a festa às 19h.

Escrito por:

Adriana Ferezim