Publicado 09 de Julho de 2013 - 22h09

Por Agência Estado

A Federação Nacional dos Estivadores (FNE) suspendeu a greve prevista para quarta-feira (10), nos portos do País. Em comunicado publicado no site, a entidade informa que, após negociação com o governo federal na última sexta-feira (05), alguns pontos foram acordados, levando à revisão da ideia de paralisação.

Foram mencionados quatro pontos de discussão com o governo. Um deles é a alteração do artigo 40 do Decreto nº 8.033, de 2013, que previa a instituição de um banco de dados específico para trabalhadores portuários. Além disso, eles dizem ter sido aprovado um texto referente à Aposentadoria Especial para os trabalhadores de portos e que o governo assumiu o compromisso de providenciar ajustes necessários para garantir o benefício aos trabalhadores portuários avulsos. Por último, afirmam que o governo assumiu o compromisso de publicar ato que discipline a Categoria Profissional Diferenciada com relação aos portuários.

Quanto ao Dia Nacional de Lutas, que prevê uma série de paralisações organizadas pelas centrais sindicais na quinta-feira, 11, a nota afirma que está mantida a participação dos sindicatos afiliados.

O presidente do Sindicato dos Estivadores de Santos, São Vicente Guarujá e Cubatão, Rodnei da Silva, o Nei da Estiva, disse, no entanto, que os portos da região de Santos mantêm a greve na quarta-feira. De acordo com o dirigente, ainda há demandas dos trabalhadores da região que não foram atendidas pelas negociações. "Mantemos nossa disposição de estar em greve no dia 10 e no dia 11", reforçou Nei.

Escrito por:

Agência Estado