Publicado 10 de Julho de 2013 - 16h57

Por France Press

Jean-Claude Juncker, primeiro-ministro de Luxemburgo há 18 anos e um dos mais influentes líderes europeus, anunciou nesta quarta-feira (10) que apresentará sua renúncia a esse cargo na quinta, durante uma reunião do Conselho de Governo.

A renúncia de Juncker foi motivada pela retirada de seus aliados socialistas do governo, como consequência de um escândalo envolvendo o serviço de inteligência, acusado de escutas telefônicas ilegais e de desvio de recursos.

Escrito por:

France Press