Publicado 12 de Julho de 2013 - 10h41

Por France Press

O governo do Irã desmentiu nesta sexta-feira a existência de uma nova instalação nuclear secreta perto de Damavand, na província de Teerã, como denunciaram nesta semana grupos de opositores no exílio, de acordo com a agência de notícias Mehr. "Esta informação é equivocada e nós a desmentimos", disse Abbas Araghchi, porta-voz do ministério iraniano das Relações Exteriores.

O Conselho Nacional da Resistência Iraniana (CNRI) afirmou na quinta-feira ter obtido informações sobre uma "nova instalação, totalmente secreta, destinada ao projeto nuclear do regime".

O CNRI (baseado na periferia de Paris e considerado a principal organização da oposição iraniana) já havia feito denúncias sobre instalações nucleares no país.

Gill Tudor, porta-voz da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), enviou à AFP um e-mail onde afirmou que esta entidade "irá avaliar a informação recebida, como fazemos com toda a informação que chega até nós".

De acordo com o CNRI, "esta usina é um novo centro destinado às atividades nucleares. O nome do projeto é 'Ma'adane-e Charq', que significa 'A mina do Leste', ou simplesmente 'Projeto Kossar'".

Este complexo estaria situado em uma série de túneis na região montanhosa perto de Damavand, ao norte de Teerã. "A construção da primeira fase desta usina começou em 2006 e terminou recentemente. A primeira faze compreende a travessia dos túneis, quatro acessos à zona externa e a construção de rotas para o local", denunciou o CNRI.

Escrito por:

France Press