Publicado 11 de Julho de 2013 - 13h09

Por France Press

Quatorze membros das forças de segurança iraquianas, incluindo 11 guardas encarregados pela proteção dos oleodutos, foram mortos nesta quinta-feira no noroeste do país, indicaram fontes da segurança e médicas.

O ataque por um grupo não-identificado aconteceu na estrada que liga Haditha a Baïji, cerca de 200 km ao norte de Bagdá.

Escrito por:

France Press