Publicado 11 de Julho de 2013 - 11h08

Por France Press

Um cristão copta do Egito foi encontrado decapitado nesta quinta-feira o norte da Península do Sinai, vários dias depois de ter sido sequestrado por homens armados, informaram fontes de segurança. O homem, cujos nome e idade não foram fornecidos, tinha as mãos e os pés amarrados.

Segundo as fontes, ele foi sequestrado por grupos extremistas no sábado passado, no mesmo dia em que um padre copta foi assassinado.

Na região do Sinai, geralmente são regitrados problemas de segurança desde a queda do regime de Hosni Mubarak, no início de 2011.

Os extremistas podem aproveitar a grande tensão atual no Egito desde que o presidente islamita Mohamed Mursi foi derrubado pelo exército em 3 de julho para realizar esses ataques, segundo os especialistas.

Escrito por:

France Press