Publicado 10 de Julho de 2013 - 13h08

Por France Press

O descarrilamento, explosão e incêndio do trem de vagões-tanque destruiu parte do centro do povoado

France Press

O descarrilamento, explosão e incêndio do trem de vagões-tanque destruiu parte do centro do povoado

O número de mortos no acidente de trem carregado de petróleo registrado no sábado na localidade canadense de Lac-Megantic, no Québec (leste), continua sendo 15, mas a polícia estimou em 45 o número de desaparecidos, contra 35 na terça-feira.

"Temos cerca de sessenta pessoas consideradas desaparecidas ou ausentes", o que inclui as 15 mortas, afirmou à imprensa o porta-voz da polícia de Quebec, o inspetor Michel Forget.

Um trem da empresa americana The Montreal, Maine & Atlantic Railway (MMA), que transportava petróleo, descarrilou na madrugada de sábado nesta pequena localidade situada 250 km a leste de Montreal, provocando uma gigantesca explosão e atingindo 30 lojas e edifícios históricos.

O presidente da companhia, Edward Burkhardt, deve viajar para Lac-Mégantic nesta quarta.

A MMA acusou na terça-feira os bombeiros de Nantes, um povoado vizinho, de ter contribuído para a catástrofe ao desativar por erro os freios quando apagavam um pequeno foco de incêndio em uma das cinco locomotivas do trem com 72 vagões cisterna.

O trem sem condutor se precipitou pelos trilhos que ligavam Nantes à localidade de Lac-Mégantic.

Por sua vez, a polícia de Québec indicou que trabalha com a hipótese de uma "negligência criminosa".

Escrito por:

France Press