Publicado 10 de Julho de 2013 - 12h38

Por Agência Estado

Depois de ficar dois anos e oito meses fechado para reforma, o Maracanã foi reaberto na noite de 27 de abril

France Presse

Depois de ficar dois anos e oito meses fechado para reforma, o Maracanã foi reaberto na noite de 27 de abril

O Fluminense vai assinar contrato na tarde desta quarta-feira com o consórcio Complexo Maracanã Entretenimento S.A. para utilização do estádio. Formado pela construtora Odebrecht, a IMX de Eike Batista e a norte-americana AEG, o grupo venceu licitação promovida pelo governo do Rio para concessão do estádio pelos próximos 35 anos.

O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, e o presidente do Maracanã S.A., João Borba, vão conceder entrevista coletiva às 16 horas no Salão Nobre das Laranjeiras. O clube foi o primeiro do Rio a fechar com o consórcio, que por sua vez terá um porta-voz falando publicamente pela primeira vez desde que ganhou a concessão.

O primeiro jogo do clube no estádio será no próximo dia 21, contra o Vasco, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Na terça-feira, o Flamengo anunciou acordo com o governo do Distrito Federal para a utilização do Mané Garrincha, em Brasília, por mais alguns jogos e garantiu que não acelerará o acordo para voltar ao Maracanã.

Escrito por:

Agência Estado