Publicado 08 de Abril de 2013 - 10h05

Por Da redação

Um projeto pioneiro no Estado de São Paulo começa a funcionar nesta segunda-feira (8) em Bauru: a Central de Polícia Judiciária. Trata-se de um prédio que irá reunir todos os distritos policiais e delegacias da cidade.

São 4.300 m² de área construídas, mais de 100 salas e três andares. Haverá uma sala única onde os investigadores de todas as unidades policiais trabalharão. O plantão policial também funcionará no local, bem como os cartórios.

A primeira unidade a se transferir para o prédio será a Delegacia de Polícia da Infância e Juventude (Diju). A mudança acontece nesta segunda-feira. Até o final do mês, todas as unidades policiais devem estar alojadas na nova estrutura.

Para a Polícia Civil, a superdelegacia representa maior eficiência e agilidade nos trabalhos, já que investigadores e delegados poderão trocar informações com mais facilidade.

A unificação da Polícia Civil bauruense representa também um benefício à população: em um mesmo prédio será possível ter acesso às delegacias, cartórios e ao plantão policial.

“Essa mudança vem para facilitar o trabalho da polícia e o acesso da população. Esse prédio será uma referência: a Polícia Civil é aqui”, avalia o delegado seccional de Bauru Marcos Mourão.

Cerca de 150 policiais civis trabalharão no local, que terá as portas abertas 24 horas por dia.

A Central de Polícia Judiciária fica na quadra 23 da avenida Rodrigues Alves, na vila Cardia. ]

Escrito por:

Da redação