Publicado 07 de Abril de 2013 - 17h28

Dois jovens tiraram o sossego dos moradores do bairro Nova Europa, em Campinas, no sábado (6). Após uma frustrada tentativa de roubo de um veículo, eles entraram em uma residência, fizeram os moradores reféns, agrediram um deles, dispararam tiros e, em seguida, abordaram os moradores de outra casa e os levaram como reféns.

A primeira ação aconteceu na Rua Guatemala por volta de 8h30. Quando uma moradora de 68 anos tirava o carro da garagem, os jovens, vestidos de terno e gravata, se aproximaram e um deles bateu com o revólver no vidro e gritou para ela sair do veículo. Assustada, ela buzinou e começou a gritar. Nesse momento, a vizinha apareceu no muro e o jovem saiu correndo sem levar nada.

Já na Rua República Dominicana, eles invadiram uma residência e fizeram os moradores reféns. Além de agredir uma das vítimas com coronhadas e chutes nas costelas, eles deram alguns tiros. Um deles atingiu uma cômoda na sala e os demais foram disparados no quintal.

Na saída, os assaltantes tentaram levar um veículo Prisma, que estava na garagem, mas não conseguiram e fugiram levando apenas alguns objetos e dinheiro. A vítima agredida foi levada ao Pronto Socorro São José, onde ficou internada.

Em seguida, os jovens foram até a Rua Paraguai, onde abordaram dois senhores e fizeram com que eles os levassem de carro para outro lugar. Mas na Rua Ralpho Leite de Barros, próximo ao córrego Piçarrão, policiais militares abordaram o veículo ao ver que os ocupantes que estavam no banco de trás abaixaram quando a viatura passou.

Na direção estava um aposentado, de 64 anos, proprietário do veículo, e ao lado a outra vítima, de 62 anos, que eram mantidos reféns. Agachados estavam Nilson Oliveira Santos Júnior, de 18 anos, e um adolescente de 16 anos. Com Santos Júnior foi encontrado um revólver calibre 38 e no banco estavam telefones celulares, um cartão de banco e R$ 1.707,00.

Nilson foi encaminhado à cadeia anexa ao 2º DP e o menor infrator à unidade assistencial.