Publicado 05 de Abril de 2013 - 23h25

Pit bull foi recolhido ao canil do Centro de Controle de Zoonozes

Paulo Godoy/Tribuna de Itapira

Pit bull foi recolhido ao canil do Centro de Controle de Zoonozes

A biomédica Bárbara de Oliveira, 36, foi morta, aparentemente, após ser atacada pelo pit bull de estimação na noite desta sexta-feira (5) dentro da própria casa no Jardim Soares, em Itapira.

A Guarda Municipal foi acionada pelos vizinhos às 19h15 após ouvirem pedidos de socorro, que se silenciaram antes da chegada das duas viaturas.

De acordo com a GM, o imóvel estava trancado e foi arrombado. O cachorro foi achado sobre a dona, dentro da residência, que estava com a porta fechada. Coberto de sangue, o animal foi espantado para o fundo do local e o Samu foi acionado, mas a biomédica já estava sem vida.

Não há suspeita do que possa ter acontecido, já que, segundo a GM, não havia mais ninguém na casa — o marido dela estava viajando. Os vizinhos relataram que Bárbara tinha boa relação com o animal, com direito a abraços e beijos. No perfil do Facebook, o pitbull está na capa.

O corpo de Bárbara de oliveira deve ser sepultado em Pouso Alegre (MG)O corpo de Bárbara seria velado no Velório da Saudade, mas a família deve enterrá-lo em Pouso Alegre (MG), onde moram parentes.

Pit bull

O cão foi recolhido ao canil do Centro de Controle de Zoonoses para observação. A União Internacional Protetora dos Animais (Uipa) acompanha o caso.