Publicado 05 de Abril de 2013 - 18h51

Por willians Menani

Um técnico em agronomia, de 37 anos, morador de Araçatuba, procurou a polícia para relatar um fato que tem sido comum atualmente. Ele alega ter adquirido pela internet um celular Iphone 6 e não ter recebido o aparelho em sua casa.

Segundo o boletim de ocorrência, o técnico aguarda há cerca de dois meses a chegada do aparelho. O fato inusitado é que o modelo do celular ainda não foi lançado no mercado.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, o técnico que não teve seu nome divulgado, procurou a polícia na última quarta-feira (4) para relatar o ocorrido, acreditando ter caído em um golpe. De acordo com a denúncia, o celular foi comprado em um site de compras coletivas, com um valor promocional que caiu de R$ 499,00 para R$ 99,90. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, o consumidor teria parcelado o valor do aparelho em 12 vezes de R$ 10,64 e pago duas parcelas.

A reportagem acessou o site da loja e constatou que o celular adquirido por ele é chamado na verdade de Hiphone 6, que imita o desing do Iphone 5. A loja virtual ainda informa que após o pagamento aprovado, o pedido é enviado para o setor de logística da loja, onde a partir deste momento é embalado e enviado por meio dos Correios no prazo de dois a 15 dias úteis para postagem, e de dois a 12 dias úteis para entrega, sendo cobrada uma taxa de frete no valor de R$ 30,00. Ainda de acordo com o site, o desconto do aparelho é de 80% e já havia vendido mais de 6 mil unidades até então.

A reportagem entrou em contato com o site de compras coletivas, mas foi informada que a empresa não fala do andamento dos produtos para terceiros. Segundo a empresa, se o produto foi comprado, ele já foi ou será entregue.

Procon

O técnico relatou que já procurou o Procon - Órgão de Defesa do Consumidor, para reclamar do aparelho que não havia chegado. Em contato com o site, o Procon foi informado de que o aparelho de celular já havia sido enviado pelos Correios, que, por sua vez, alegou através do código de rastreamento não ter nenhum produto a ser entregue na residência dele.

Somente nas últimas semanas foram registradas cerca de 10 queixas na Policia Civil de compras realizadas na internet e que não foram entregues. 

Escrito por:

willians Menani