Publicado 06 de Abril de 2013 - 19h03

Por Agência Estado

A Juventus ampliou a sua vantagem na liderança do Campeonato Italiano neste sábado. A equipe de Turim recebeu o lanterna Pescara e teve mais dificuldade que o esperado, mas conseguiu a vitória por 2 a 1. O herói da vitória foi o atacante montenegrino Vucinic, que marcou os dois gols. Cascione descontou.

O resultado levou a Juventus aos 71 pontos, 12 à frente do Napoli, segundo colocado que ainda atua nesta 31.ª rodada. A equipe agora volta as atenções para a Liga dos Campeões da Europa, já que faz o confronto de volta das quartas de final diante do Bayern de Munique, nesta quarta-feira, em Turim.

Mesmo atuando em casa diante do lanterna, a Juventus sofreu para chegar à vitória e parou na marcação do adversário durante todo o primeiro tempo. As coisas só ficaram mais fáceis aos 28 minutos da etapa final, quando Rizzo cometeu pênalti e foi expulso. Vucinic bateu bem e abriu o placar.

A expulsão abriu espaço na fechada defesa do Pescara e a Juventus ampliou cinco minutos depois, novamente com Vucinic. O atacante recebeu dentro da área, aproveitou escorregão do zagueiro adversário e finalizou com categoria. Cascione diminuiu para o Pescara, mas, com um a menos, a equipe não conseguiu reagir.

No outro jogo deste sábado, o equilíbrio prevaleceu no resultado final. O Bologna recebeu o Torino e não passou de um empate por 2 a 2, placar que pouco alterou a situação de ambos na competição.

Com o empate, o Bologna está na 12.ª colocação, com 37 pontos. Na próxima rodada, a equipe entra em campo para enfrentar o Palermo, no domingo que vem. Já o Torino está um pouco pior - é o 14.º, com 36 pontos - e volta a atuar também no domingo, quando enfrenta a Roma em casa.

Mesmo atuando fora de casa, o Torino foi para cima e abriu o placar aos 25 minutos com o brasileiro Barreto. O empate só saiu no segundo tempo, com Koné, aos 20. O Bologna passou à frente com Guarente, já aos 41, mas quando parecia que a vitória seria dos anfitriões, Bianchi deixou tudo igual nos acréscimos e selou o placar.

Escrito por:

Agência Estado