Publicado 05 de Abril de 2013 - 16h10

A Federação grega de futebol suspendeu nesta sexta-feira por cinco partidas do campeonato nacional o meia Giorgis Katidis, do AEK Atenas, que chocou o mundo ao fazer uma saudação nazista na hora de comemorar um gol no mês passado.

A sanção pode ser considerada muito leve pela enorme polêmica gerada pelo gesto, mas de qualquer forma não passa de uma medida simbólica, já que o jogador de 20 anos foi suspenso até o fim da temporada pelo seu clube.

O atleta, que se arrependeu publicamente, também foi condenado a pagar uma multa de 1.000 euros.

No dia seguinte do incidente, que ocorreu no dia 16 de março, a Federação havia banido para sempre Katidis da seleção grega.