Publicado 08 de Abril de 2013 - 10h20

Howard Stevenson, professor da Harvard Business School

Divulgação/Insper

Howard Stevenson, professor da Harvard Business School

Professor emérito de administração da Harvard Business School e primeiro titular da cátedra Sarofim-Rock da instituição, dedicada ao ensino e pesquisa em empreendedorismo, Stevenson tem na bagagem passagem pela reitoria da escola, mais de 10 livros publicados e algumas empresas bem sucedidas. Conheça suas dicas para se tornar um grande empreendedor. 

1. Preste atenção nos consumidores

Saber e entender a necessidade do consumidor é o viabiliza o futuro de uma empresa. Segundo Stevenson, para uma empresa crescer e se tornar bem sucedida é preciso pensar em todas as chaves que levam o produto até o cliente.

“A única maneira de ganhar dinheiro é o cliente comprando”, afirma Stevenson. Por isso, a preocupação de um empreendedor deve se estender ao treinamento da equipe de vendas, dos distribuidores e dos fornecedores, pois cada detalhe da cadeia pode fazer diferença.

2. Empreenda de forma rápida e barata

No mercado de startups, a competição é bastante acirrada. “Todos estão competindo com pessoas espertas”, afirma Stevenson. Ele diz que se hoje as pessoas têm olhos para o Facebook, antes disso era o MySpace e assim por diante. Um bom negócio, segundo o professor, precisa ter pessoas que desejam o seu produto e você precisa desenvolver de forma rápida e barata.

3. Aprenda a aprender

Parece óbvio, mas não é. Stevenson explica que percebia que os seus alunos de Harvard queriam saber o que era necessário para se ter sucesso. “Nós tentamos ensinar que o mais importante é desenvolver habilidades que o farão aprender a aprender”, afirma.

4. Tudo pode ser melhorado

É preciso pensar mais quando você conta uma ideia e todos afirmam que está ótima. “Toda situação pode ser melhorada”, diz o professor. Ele recomenda que empreendedores pensem no problema que eles querem resolver ou reparem em um problema que o cliente teve, por exemplo.

5. Siga o exemplo das startups

Para o professor, os executivos devem focar nas oportunidades e não somente em recursos como dinheiro, pessoas e máquinas. Em uma empresa de grande porte, por conta da hierarquia e burocracia, algumas decisões demoram mais do que deveriam.

No caso das startups, empreendedores sabem que precisam agir rápido quando algo não está saindo da maneira que eles planejavam ou quando há uma boa ideia que precisa ser testada e validada rapidamente.

Com informações da Revista Exame.com