Publicado 07 de Abril de 2013 - 19h19

Após realizar novo sobrevoo na tarde deste domingo (7), a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) constatou que a mancha de óleo vazado do terminal da Transpetro, subsidiária da Petrobras, em São Sebastião, já atingiu as praias de Massaguaçu, Cocanha e Capricórnio, em Caraguatatuba. Nas três, equipes de trabalhadores da Petrobras deverão realizar o trabalho de limpeza para retirar as pelotas de óleo, que permaneceram na areia após a baixa da maré.

Segundo a Cetesb, há evidências a serem confirmadas da presença de óleo também nas praias de Mococa e Lagoinha, no mesmo município. Os técnicos da Cetesb deverão realizar novo voo de monitoramento amanhã para avaliar a situação.

Em São Sebastião, os trabalhos de limpeza nas praias de Pontal da Cruz, Deserta e Arrastão já foram concluídos. Os esforços estão concentrados na Praia das Cigarras, onde a mancha atingiu também os costões rochosos localizados nas duas extremidades da faixa de areia.

Por causa do vazamento, a Cetesb alterou o índice de balneabilidade das praias das Cigarras e Arrastão, que passou de "própria" para "imprópria" para recreação, em decorrência da presença de óleo na areia.

A Praia de Pontal da Cruz, segundo o Boletim de Balneabilidade divulgado na sexta-feira (05) já estava classificada como "imprópria", com a orientação para ser evitada pelos banhistas. A mancha de óleo atingiu também a Praia Deserta, que não é monitorada pela Cetesb.

A Petrobras, empresa controladora da Transpetro, ainda não divulgou um novo boletim sobre o incidente. Procurada pela Agência Estado, a Transpetro informou que divulgará um novo comunicado sobre o acidente ainda neste domingo. As causas do incidente estão sendo apuradas.

O vazamento teve início em uma operação de abastecimento de um navio no píer, quando uma válvula apresentou defeito. Com isso, um óleo de consistência densa, conhecido como Marine Fuel 380 (usado para abastecer navios), vazou. Ainda não há informações sobre o volume de óleo que alcançou o meio ambiente.