Publicado 05 de Abril de 2013 - 14h08

Depois de falar, na quinta-feira (04), com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) suspendeu a viagem que faria a Oruro, na Bolívia, onde visitaria os 12 torcedores do Corinthians que estão presos naquela cidade.

Presidente da Comissão de Direitos Humanos, Feliciano aprovou, na quarta-feira, requerimento para fazer a viagem. De acordo com a assessoria do deputado, a viagem foi cancelada porque um avião da FAB já levaria um grupo de deputados até Oruro.

Nos bastidores, porém, a informação é de que o presidente da Câmara disse a Feliciano, “delicadamente”, que ele não deveria fazer a viagem. As despesas dos presidentes de comissão têm de ser autorizadas pelo presidente da Casa.