Publicado 05 de Abril de 2013 - 10h11

Por Agência Estado

A capital paulista entrou em estado de atenção na manhã de hoje (5) por causa de fortes chuvas. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), uma grande área de instabilidade está sobre o município e existe risco de alagamento das vias, deslizamento de terra e transbordamento de rios e córregos.

A chuva provocou congestionamento recorde às 9h da manhã desta sexta-feira (5), com 148 quilômetros (km) de lentidão. Essa é a maior marca deste ano para o período da manhã, compreendido entre 7h e 8h. Antes, o recorde era de 135 km, registrado no dia 21 de março às 9h30. Por volta das 9h, a zona sul era a região mais crítica, com 70 km de congestionamento, seguida pela zona oeste, com 43 km.

Durante a manhã, um ônibus coletivo caiu de um barranco, na estrada Cachoeirinha, no Jardim Ângela. Chovia muito no momento do acidente, mas o Corpo de Bombeiros não definiu ainda as causas do acidente. Quatro pessoas sofreram ferimentos leves, uma mulher sofreu fratura no joelho. As vítimas foram socorridas pelo Samu e encaminhadas ao Hospital Municipal do Campo Limpo e ao Pronto-Socorro de Santo Amaro.

De acordo com o CGE, a previsão é de que a chuva e o tempo instável continuem ao longo do dia. Um sistema de baixa pressão atmosférica vai dar origem a uma frente fria, que se deslocará rapidamente pelo estado de São Paulo nesta sexta-feira.

Escrito por:

Agência Estado