Publicado 09 de Abril de 2013 - 10h01

Por France Press

Os alemães são cada vez mais defensores do euro, apesar da crise que afeta os países da Eurozona, com mais de dois terços favoráveis à manutenção da moeda única, segundo uma pesquisa publicada nesta terça-feira (9).

De acordo com uma pesquisa do Instituto Forsa para o jornal econômico Handelsblatt, 69% dos alemães consideram que o país deve preservar o euro como moeda e que o euro existirá no futuro.

Este é o apoio mais expressivo desde a introdução do euro em 2002, informa o Handelsblatt. Em 2012, metade dos entrevistados rejeitavam a união monetária.

Um ano depois, apenas 27% dos entrevistados defendem o retorno do marco.

A pesquisa, realizada nos dias 2 e 3 de abril, ouviu 1003 pessoas.

Escrito por:

France Press