Publicado 09 de Abril de 2013 - 9h59

Por France Press

O setor avícola chinês foi duramente afetado desde os recentes anúncios de infecções humanas pelo vírus H7N9 da gripe aviária, anunciaram representantes do setor.

"As consequências são muito graves. É um golpe muito duro para o mercado de frangos", declarou à AFP Qiu Baoqin, secretário-geral adjunto da Associação Nacional da Indústria de Criação de Aves.

As aves representam parte muito importante na alimentação dos chineses, apesar do porco continuar como a primeira fonte de alimentação entre as carnes.

Qiu não apresentou números sobre os prejuízos, mas a imprensa oficial chinesa informou sobre a queda do consumo de aves em algumas regiões da China.

A variação H7N9, que até pouco tempo não era transmitida ao homem, só contaminou pessoas no leste do país. Vinte e quatro casos foram confirmados, com sete mortes.

Escrito por:

France Press