Publicado 05 de Abril de 2013 - 19h33

Por France Press

'A procuradora-geral mais bonita do país', foi a frase dita por Barack Obama que gerou a polêmica

France Press

'A procuradora-geral mais bonita do país', foi a frase dita por Barack Obama que gerou a polêmica

"A procuradora-geral mais bonita do país". A frase, dita por Barack Obama para elogiar quem ocupa o cargo na Califórnia, rendeu críticas ao presidente, que se desculpou, informou nesta sexta-feira (5) um porta-voz da Casa Branca.

No mesmo dia em que a primeira-dama, Michelle Obama, voltou atrás em uma entrevista após se identificar como "mãe solteira muito ocupada", o presidente ligou para Kamala Harris, a bela promotora em questão, para pedir desculpas, afirmou o porta-voz presidencial, Jay Carney.

Em um ato de arrecadação de fundos perto de San Francisco, Obama saudou na noite de quinta-feira a presença de Harris, procuradora-geral da Califórnia: "É brilhante, é comprometida, é rígida", disse o presidente.

"Também é, de longe, a procuradora-geral mais bonita do país", acrescentou.

Os comentários de Obama provocaram irritação, principalmente entre alguns editorialistas.

"Para um presidente que se tornou um modelo cultural para seus partidários (...), o exemplo que deu é infeliz", escreveu Jonathan Chait na versão digital da The New York Magazine.

Obama, que voltou da Califórnia para a Casa Branca na noite de quinta-feira, chamou Harris "para pedir desculpas em razão do provocado por suas declarações", disse Carney.

"São velhos e bons amigos e o presidente não quis de modo algum minimizar o êxito profissional da promotora, nem a sua capacidade", continuou.

O presidente "é perfeitamente consciente das dificuldades que as mulheres em seus locais de trabalho e (acredita) que não deveriam ser julgadas por seu físico", assegurou Carney.

A controvérsia foi atiçada porque, quase ao mesmo tempo, em uma entrevista transmitida pela TV CBS News em Vermont (nordeste), a primeira-dama se considerou uma "mãe solteira", embora imediatamente tenha se corrigido.

"Acredite, como mãe solteira muito ocupada (...) Não deveria dizer solteira... Como mãe muito ocupada. Às vezes, com um presidente como marido, a gente pode se sentir um pouco solteira. Mas ele está aí", disse Michelle Obama.

Escrito por:

France Press