Publicado 09 de Abril de 2013 - 6h00

Por Agência Anhanguera de Notícias

Filhotinhos do casal de tachãs do Zoo de Americana nasceram no sábado (6)

Flávio Oliveira/Divulgação

Filhotinhos do casal de tachãs do Zoo de Americana nasceram no sábado (6)

O Parque Ecológico “Cid Almeida Franco”, mais conhecido como Zoo de Americana, registrou o nascimento de cinco novos tachãs, ave silvestre ameaçada de extinção. Atualmente, o parque possui três casais de tachãs e passa a ter 11 animais com o nascimento, ocorrido no último sábado (6).

O onívoro, que chega a comer cerca de 350 gramas por dia, pesa de 2kg a 5kg e é muito encontrado na Argentina, Bolívia e no Brasil (Mato Grosso, Rio Grande do Sul e São Paulo). Sua longevidade é de 15 anos.

A ave é parda acinzentada escura, com manchas brancas e possui uma gola negra em seu pescoço, realçada por uma segunda penugem branca. Sua alimentação é de folhas, insetos e moluscos. Na reprodução, que dura cerca de 45 dias, de dois a sete ovos são chocados.

O biólogo do parque, Guilherme Guidolin Galassi, comemorou o nascimento. “O tachã é um animal ameaçado de extinção e com certeza é benéfíco para Americana registrar o nascimento de novos animais. A reprodução em cativeiro é realizada com sucesso no Zoo”, disse.

O Zoo Americana está localizado na Avenida Brasil, 2.525, no Jardim Ipiranga. A entrada é gratuita.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias