Publicado 09 de Abril de 2013 - 10h50

A sommelier de cerveja Bia Amorim, que oferece curso sobre harmonização da bebida

Sérgio Masson/Gazeta de Ribeirão

A sommelier de cerveja Bia Amorim, que oferece curso sobre harmonização da bebida

Imagem Anterior

Imagem Próximo

1/10

Imagem Anterior

Imagem Anterior

Ribeirão Preto, a cidade que tem no comércio e na prestação de serviços o motor de sua economia, vê crescer cada vez mais a oferta de um tipo de atividade antes restrito aos grandes centros e capitais: os cursos de gastronomia.

Por hobby,  desejo de iniciar o próprio negócio ou necessidade de atualização para quem já atua na área, os ribeirão-pretanos têm se interessado cada vez mais conhecer os segredos da culinária. E restaurantes e empresas começam a atender essa demanda.

O maior exemplo talvez seja a chegada à cidade, ainda neste mês, de uma unidade do Espaço Gourmet, rede especializada em cursos de gastronomia que já possui escolas em Curitiba (PR), Londrina (PR), Ponta Grossa (PR) e Joinville (SC).

“Decidimos entrar no mercado paulista por Ribeirão porque a cidade é polo de serviços, tem um alto poder de consumo e no futuro certamente será também um polo gastronômico”, diz Silmar Marcelo Mica Junior, 27 anos, proprietário da unidade de Ribeirão. 

A previsão de inauguração é no próximo dia 23, em um imóvel que está sendo adaptado na Rua Altino Arantes, no Boulevard. O carro-chefe será o curso de formação de chef. Ele é dividido em sete módulos – cada um dura cerca de três meses e terá o custo aproximado de R$ 2 mil, com aulas duas vezes por semana ou aos sábados (a cada 15 dias).

O aluno sai com certificação para atuar como chef profissional (só não pode lecionar). Cada módulo contempla uma área da gastronomia, e o aluno pode se matricular apenas em um deles (é obrigatório, somente, fazer o primeiro módulo para poder passar pelos outros). “Mesmo quem não sabe cozinhar nada pode se matricular. A nossa diferença para outros cursos é o maior enfoque à parte prática”, disse Silmar Mica Junior.

Além da formação de chef, o local vai oferecer também as aulas-show (onde um chef cozinha para a “plateia” de alunos) e os cursos rápidos, de quatro a 12 horas de duração, com enfoque em pratos específicos. No final das aulas, os alunos consomem o que cozinharam.

“O público de Ribeirão é bastante interessado. Acho que teremos problemas para arrumar vagas para todo mundo”, disse Gê Laureano, um dos chefs responsáveis pelo Espaço Gourmet de Ribeirão – o outro é Cristiano Boldrin.

INTERESSE

Alguns restaurantes de Ribeirão também estão atentos ao aumento da demanda por cursos de gastronomia. O Duets, na Avenida Adolfo Bianco Molina, Zona Sul da cidade, já está na quinta turma do curso Aspirante a Chef. O total é de 18 aulas, sempre uma vez por semana, ao custo de R$ 2,7 mil – o aluno também sai certificado. Nas duas últimas aulas, o enfoque é na harmonização dos pratos com vinho.

“Notamos um interesse grande de pessoas que gostam de cozinhar, reunir os amigos, e querem melhorar sua técnica. Mas também há procura de profissionais que querem se aprimorar”, diz o gerente do Duets, Rubens Barcellos Gonçalves.

O local também oferece cursos esporádicos e mais rápidos. As responsáveis são as chefs Taís Guerra e Sabrina Galli, que abriram uma empresa só para oferecer cursos na área. “Hoje as pessoas já procuram os cursos de gastronomia para hobby, como se procurassem um curso de pintura. Tem muito espaço para a área em Ribeirão”, disse.

ALÉM DA CULINÁRIA

Mas se engana quem pensa que os cursos de gastronomia se resumem, somente, a por a mão na massa. A chef e sommelier de cerveja Bia Amorim, 30, acaba de abrir a segunda turma do curso Gastronomia e Cerveja, que ensina a harmonizar pratos com a bebida que é unanimidade em Ribeirão Preto (e em todo o País).

“Ribeirão tem ótimas cervejarias artesanais. Há um interesse grande por cerveja na cidade. O curso serve para ensinar as pessoas a beber melhor”, afirma Bia. O curso é dividido em quatro aulas, com três horas cada, no Casimiros (Rua Casimiro de Abreu, 944). O início é no próximo dia 29, e o custo total é de R$ 575.

No curso, os alunos degustam mais de 20 rótulos de cerveja, nacionais e importadas, conhecem sua história e métodos de fabricação e aprendem a “combinar” os diferentes estilos da bebida com os pratos. E, é claro, comem. “A harmonização não é frescura. Muitas vezes não é a cerveja que é ruim, mas o prato que não combina”, diz Bia.

SERVIÇO

Espaço Gourmet

Site

Facebook

Curso Aspirante a Chef - Duets

Site

Facebook

Curso Gastronomia e Cerveja

Facebook

E-mail: [email protected]