Publicado 06 de Abril de 2013 - 10h52

Débora de Souza mostra foto da irmã, Danielle: família não sabe quem pode ter cometido o crime

Luís Fernando Manzoli/Gazeta de Ribeirão

Débora de Souza mostra foto da irmã, Danielle: família não sabe quem pode ter cometido o crime

A babá Danielle Vânia Rios de Souza, 26 anos, foi morta enforcada com o fio de um ventilador nesta sexta-feira (5) em sua casa, no Parque Ribeirão, Zona Norte de Ribeirão Preto.

O corpo de Danielle, que estava grávida de cinco meses, foi encontrado pela irmã, Débora Vanessa Rios de Souza, 35, assim que ela chegou do trabalho, em um dos quartos da casa onde as duas moravam com a mãe.

A polícia foi chamada e identificou sinais de briga no local – a estante do quarto estava fora do lugar e havia chumaços de cabelo espalhados pelo chão. Dentro da bolsa de Danielle havia R$ 700 referentes ao salário que ela havia recebido na própria sexta-feira. Nenhum objeto foi levado da casa.

Na manhã deste sábado, a família disse que não sabe quem pode ter cometido o crime. Segundo Débora, Danielle havia terminado o namoro com o futuro pai de seu filho, que insistia para que eles retomassem o relacionamento. A atual namorada dele já teria feito ameaças à vítima. “Mas nem pensamos nisso agora. Só estamos tristes com a morte dela”, disse Débora.

O caso está sendo investigado pelo setor de homicídios da DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Foi o 19º homicídio registrado neste ano em Ribeirão Preto.