Publicado 19 de Fevereiro de 2013 - 15h39

Por Agência Estado

Os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos de Paula e Silva vão cumprir o restante da pena, a que foram condenados pelo assassinato dos pais de Suzane von Richthofen, em regime semiaberto, segundo decisão da Justiça divulgada nesta terça-feira (19) e datada do último dia 15.

Daniel foi condenado a 39 anos e Cristian, a 38 anos. Eles estão presos desde 2002. Com o regime semiaberto, os irmãos podem trabalhar ou estudar durante o dia e retornar ao presídio de Taubaté (SP) à noite.

À época do crime, Daniel era namorado de Suzanne. Os pais de dela, Manfred e Marísia Richthofen, eram contra o namoro. O crime aconteceu na casa da família de Suzane, na zona sul de São Paulo. Após o assassinato, os três foram presos e levados a júri popular em 2006. Suzanne continua em regime fechado e já teve pedidos de progressão de regime negados.

A decisão que encaminha os irmãos ao regime semiaberto foi tomada pela juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, após parecer favorável do Ministério Público. Para justificar a decisão, a juíza afirmou que Daniel e Cristian apresentaram bom comportamento na prisão, e que eles já cumpriram tempo suficiente de pena para receber o benefício.

Escrito por:

Agência Estado