Publicado 10 de Novembro de 2012 - 23h28

Por Agência Estado

Jogador do Corinthians, Martínez jogará na ausência de Emerson

Divulgação

Jogador do Corinthians, Martínez jogará na ausência de Emerson

Para o Corinthians, enfrentar o virtual rebaixado Atlético Goianiense é mais uma oportunidade de treinar a equipe que vai ao Mundial de Clubes da Fifa, no Japão. Já para o argentino Martínez representa a chance de mostrar que pode ser titular mesmo quando retornarem ao time Emerson e o peruano Guerrero. O atacante virou o centro das atenções da partida que será disputada neste domingo, às 17 horas, em Taguatinga (DF), porque na última quinta-feira disse que se não for titular prefere ir embora em 2013.

Tite, técnico que barrou até Roberto Carlos e não deu bola para Adriano, rebateu o argentino e reafirmou que faz o que é melhor para o Corinthians. “A bola fala, o campo fala, e é lá dentro que se escala”. Martínez pensa na sua seleção. Disse que na reserva do Corinthians teria poucas chances de ser convocado por Alejandro Sabella, um privilegiado que pode escolher entre Messi Higuaín, Agüero, Di Maria e Tevez.

Já Tite está concentrado e focado no Mundial de Clubes. A formação que será utilizada neste domingo, com três atacantes, é uma alternativa ao esquema com pivô. “É bom (ter mais opções) porque você vai ter qualidade sempre, mas que todos respeitem a hierarquia, os colegas, o clube”, avisou o treinador.

E é nesse esquema que será utilizado contra o Atlético que Martínez tem mais chance de jogar. Ele vai atacar pelo lado esquerdo, posição em que gosta de atuar, carregando a bola e cortando para dentro. No meio da área, Romarinho fará as vezes de um “9”, enquanto que Jorge Henrique, de volta ao time titular ocupará a faixa da direita.

Se Tite optar por um pivô (no caso Guerrero), Martínez teria de jogar muita bola para desbancar Emerson ou Romarinho. Mas escalar Martínez neste domingo ficou mais fácil porque Danilo e Emerson ainda se recuperam de contusão e Guerrero está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Ao se destacar no Vélez Sarsfield, Martínez foi disputado por vários clubes, mas foi contratado pelo Corinthians depois da conquista da Copa Libertadores. Até agora, atuou em 14 jogos e marcou apenas um gol.

A partida deve definir o rebaixamento do Atlético, que pode cair mesmo vencendo o Corinthians - se o Bahia derrotar a Portuguesa, o time de Goiânia estará matematicamente na Série B. “Respeito o outro lado; em algum momento a gente pode estar numa situação difícil”, disse Tite. “Não me fascina tripudiar (em cima) da dor do outro”.

Escrito por:

Agência Estado