Publicado 09 de Novembro de 2012 - 18h52

Mariquinha foi atropelada em setembro e teve a coluna fraturada

Divulgação

Mariquinha foi atropelada em setembro e teve a coluna fraturada

 

 

Uma cadela ficou paraplégica depois de ser atropelada por um carro no bairro Jardim Carvalho, em Porto Alegre, em setembro. Mas a história que tinha tudo para ter trágica terminou com um final feliz. Mesmo com as patas traseiras paralisadas e precisando de um equipamento especial para se locomover, a cadelinha Mariquinha foi adotada.

O animal foi encontrado em estado gravíssimo por Liamara Sanguineto em setembro. Ela procurou a Seda (Secretaria Especial dos Direitos Animais). Atendido pela área de medicina veterinária, Mariquinha teve o diagnóstico de fratura na coluna. Passou por tratamento intensivo de soroterapia, recebeu medicação para redução do edema e foi esterilizada.

Recuperada, mas sem os movimentos das patas posteriores, Mariquinha ganhou de presente do servidor da Seda, Luis Rogério Preigschadt, uma cadeirinha de rodas. “A cadeira facilita a locomoção, e é importante que seja usada corretamente para ajudar na sua recuperação”, disse.

Liamara é a nova tutora pela cadela Mariquinha, que já corre pelo pátio com ajuda do equipamento. “Encontrei Mariquinha em estado gravíssimo e, agora, me responsabilizo pela sua nova vida. Cuidarei muito bem dela para que não saia do pátio, e tenham a certeza de que ela será muito amada pela minha família”, disse a tutora.