Publicado 27 de Novembro de 2012 - 10h20

Livro: De Bagdá com muito amor

Divulgação

Livro: De Bagdá com muito amor

Foto: Divulgação.

Divulgação

Livro: De bagdá com muito amor

“Um grupo de fuzileiros americanos invadem uma casa abandonada em Faluja, no Iraque. Ao ouvir um ruído suspeito, os soldados destravam suas armas, se aproximam com cautela e se preparam para abrir fogo.

O que encontram na cidade e que serviu de cenário para um dos cenários mais devastadores da Guerra do Iraque não é um rebelde vingativo, mas um cachorrinho assustado, deixado para trás quando a área foi evacuada com a ameaça de bombardeio.”

É assim, através dessa orelha, que os leitores são convidados a embarcar com o Tenente-coronel Jay Kopelman por entre tiros e carinho e a conhecer um pouco sobre a realidade daqueles homens que estão lá para matar ou morrer.

“De Bagdá, com muito amor é uma história inesquecível e verdadeira sobre soldados durões, correspondentes de guerra e iraquianos em perigo – improváveis heróis que aprendem com um cãozinho refugiado inesperadas lições de vida, morte e guerra.”

São menos de 200 páginas, mas em cada uma delas será possível encontrar um mix de emoções que vai deixar você com saudade do cachorrinho.

Foto: Divulgação.

Divulgação

Livro: De bagdá com muito amor