Publicado 27 de Novembro de 2012 - 9h51

Médico veterinário, saúde animal

Divulgação/Revista Villa Mariana

Médico veterinário, saúde animal

Foto: Divulgação.

Divulgação

Cuidados com os pets

Confira abaixo a ficha de algumas das principais doenças que podem atrapalhar o bem-estar do seu animal e aprenda algumas dicas de prevenção.

 

Doença do carrapato ou erliquiose

Pets: cães e gatos.

Explicação sobre a doença: os carrapatos se contaminam ao se alimentar do sangue de animais doentes e transmite para cães saudáveis. Raros casos em gatos.

Como identificar a doença: febre, tosse, vômito, diarreia, depressão, hematomas, perda de apetite, anemia e dificuldade para respirar. O diagnóstico vem por meio de exames sorológicos ou de DNA.

Como prevenir a doença: existem remédios que evitam a infestação por carrapatos. Consulte um veterinário de confiança para indicação do melhor medicamento para o seu animal.

Como tratar a doença: remédios específicos indicados por um veterinário que poderá identificar o estágio da doença.

Obesidade

Pets: cães e gatos.

Explicação sobre a doença: excesso de peso decorrente da alteração metabólica ou alimentação inadequada.

Como identificar a doença: basta olhar para o animal e perceber o corpo maior do que o comum, o que acarreta inclusive na falta de disposição, algumas vezes, para qualquer tipo de exercício físico.

Como prevenir a doença: a compra de ração balanceada e adequada a idade e grau de atividade do seu animal é o primeiro passo. Petiscos de petshop como biscoitos e bifinhos devem ser oferecidos de forma espaçada para evitar o ganho de peso. Além disso, é recomendável que se incentive a atividade física do animal, seja ele cão ou gato. Procure alimentar o pet em horário pré-definidos, não deixando a comida à disposição o dia todo sem nenhum controle.

Como tratar a doença: prefira sempre pela consulta a um profissional da área veterinária que irá orientar sobre planos nutricionais específicos para o seu animal. Em alguns casos, pode ser necessário o monitoramento metabólico e hormonal para que o pet emagreça com saúde.

 

Otite

Pets: cães e gatos.

Explicação sobre a doença: inflamação no ouvido.

Como identificar a doença: o animal coça muito as orelhas e as balança com muita frequência. Visualmente também pode-se observar uma secreção amarelada ou de cor escura, acompanhada de mal cheiro.

Como prevenir a doença: ao dar banho no seu animal, proteja as orelhas colocando um pouquinho de algodão (nunca até o fundo do ouvido, apenas superficialmente para barrar a água). Não é aconselhável, também, que o cachorrinho viaje de carro com a cabeça para fora. O vento que entra diretamente no canal auditivo do animal é prejudicial.

 Como tratar a doença: na maioria dos casos, o tratamento é feito com o uso de antibióticos prescritos por seu veterinário de confiança.

 

Foto: Divulgação.

Divulgação

Cuidados periódicos para preservar a saúde do seu pet

Alergia alimentar

Pets: cães e gatos.

Explicação sobre a doença: resposta imunológica sobre determinada substância ingerida pelo pet.

Como identificar a doença: alguns dos sintomas mais comuns são coceira, vermelhidão e descamação da pele que são ocasionadas pelas unhas do animal pela coceira excessiva. 

Como prevenir a doença: evitar a compra de rações de baixa qualidade pode evitar as alergias alimentares. Algumas rações contém muito corante, o que pode prejudicar na

 absorção de nutrientes pelo organismo do animal. Além disso, banhos muito frequentes tiram a oleosidade natural da pele do pet, que é um fator de proteção. Evite dar comida para o seu pet. Mesmo com pouco tempero, a ração própria para animais é sempre mais indicada por ser mais balanceada e preparada para o organismo dos bichos.

Como tratar a doença: cada caso tem um tratamento específico. É recomendável a ida até um médico veterinário de confiança para que ele identifique o causador da alergia alimentar e oriente o tratamento adequado que pode ser, no caso mais simples, troca de ração.