Publicado 07 de Novembro de 2012 - 21h26

Por Marita Siqueira

Expectativa de reunir 3 mil pessoas no evento

Divulgação

Expectativa de reunir 3 mil pessoas no evento

Tatuagem é pintura em tela viva. Enquadrar a tatto como arte e quebrar definitivamente o preconceito que a liga à marginalidade são algumas das propostas da 1Convenção de Tatuagem da Região Metropolitana de Campinas (RMC) que ocorre neste final de semana — abre nesta sexta-feira (9) — na Expoamérica, em Nova Odessa.

 

Lá, cerca de 500 profissionais estarão reunidos, entre eles artistas internacionais renomados como o peruano Camilo Tuero e o português Italo Nanais. A programação traz exposição de produtos e aplicação de tatuagens e piercings, música, workshops, concursos, demonstração de Muay Thai e MMA, além do lançamento de uma cartilha com orientações para os profissionais de tatuagens e piercings feita pela Vigilância Sanitária de Campinas e o centro de referência DST/AIDS.

 

“Só na região central de Campinas existem aproximadamente 100 estúdios, a cidade está superlotada, chega a ser proporcionalmente maior do que São Paulo. Não conseguimos contabilizar todos os profissionais porque alguns trabalham em casa ou em bairros muito afastados”, afirma a organizadora e tatuadora Renan Martelli Scafi, do Angel’s Tattoo.

 

Mesmo abrigando centenas de profissionais, a região nunca havia recebido uma confraria como essa. “Existem encontros em todo o mundo e, no Brasil, mais de 50 convenções anuais, mas na RMC nunca teve. Acredito que o número de tatuadores seja grande em Campinas em função da população jovem, do poder aquisitivo e da cultura de arte.”

 

Segundo ela, a não realização, até então, de encontros do gênero na região pode ser explicado pela atuação rigorosa da Vigilância Sanitária. “Há três anos tentamos fazer um, mas é preciso cumprir algumas regras. É necessário conscientizar os tatuadores, por isso foi feita uma norma de biossegurança em parceria com as prefeituras(de Campinas e Nova Odessa) e com o CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo) para ter palestras educativas.”

 

Público

A expectativa da organização éde atrair 3 mil pessoas por dia. O evento terá 84 estandes, com três ou quatro profissionais em cada um. Os trabalhos serão avaliados por um corpo de jurados composto por dez tatuadores.

No primeiro dia, prêmio para o melhor profissional do dia. O mesmo no sábado (10), mais a escolha da Miss Tatto, piercing mais exótico e melhor body modification.

No encerramento, domingo (11), serão premiados tatuadores do 1 ao 3 lugares em 19 categorias e o melhor tatuador da convenção. Além das tatuagens e aplicação de piercings, também estão programados workshops, seminário, shows e demonstração de Muay Thai e MMA, que será realizada pelo presidente da Associação de Muay Thai Brasil, Alexandre Amaro.

Escrito por:

Marita Siqueira