Publicado 27 de Novembro de 2012 - 11h52

Por France Press

O desmatamento da Amazônia atingiu 4.656 km2 entre 2011 e 2012, a menor taxa anual desde que tiveram início os registros oficiais de destruição da floresta, com uma redução de 27% em relação ao período anterior, informou nesta terça-feira o governo brasileiro.

 

"É a menor taxa da história desde que o Brasil iniciou a medição", em 1988, anunciou a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, ao informar o resultado para o período anual, que vai de agosto de 2011 a julho de 2012, e que representa o quarto ano de redução.

 

"Acredito que é a única boa notícia ambiental no mundo", celebrou Teixeira, que aproveitou a entrevista coletiva para apresentar um novo sistema eletrônico para impor multas aos que desmatam a Amazônia.

 

O Brasil, um dos maiores emissores mundiais de gases prejudiciais ao clima com a destruição de suas florestas, atingiu o pico histórico de desmatamento em 2004, de 27.772 km2.

 

Em 2011, o desmatamento alcançou 6.418 km2, até então o menor nível histórico.

 

O governo brasileiro se comprometeu em 2009 a reduzir o desmatamento na Amazônia em 80% até 2020, quando a destruição da floresta deve alcançar no máximo 3.925 km2.

 

O ministério destacou que até o momento conseguiu reduzir o desmatamento em 76,27%.

Escrito por:

France Press