Publicado 26 de Novembro de 2012 - 15h59

Por Agência Estado

Figueiredo afirmou ainda que em janeiro o governo deve lançar a primeira fase de contratação do projeto de engenharia

Divulgação

Figueiredo afirmou ainda que em janeiro o governo deve lançar a primeira fase de contratação do projeto de engenharia

O governo voltou a estudar a construção de trechos ligando São Paulo a Curitiba, Brasília e Belo Horizonte pelo Trem de Alta Velocidade (TAV), informou nesta segunda-feira o presidente da Empresa de Planejamento Logístico (EPL), Bernardo Figueiredo. "Com a EPL vamos retomar e fazer o estudo de viabilidade das outras ligações", disse Figueiredo, que participou de uma palestra na Câmara de Comércio Americana (Amcham), no Rio de Janeiro.

Esses trechos já estavam previstos no lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas acabaram não tendo andamento. De acordo com o executivo, ainda não há nenhuma estimativa dos custos desse projeto. Figueiredo estimou que o valor da tarifa média para viagens no trem-bala fique entre R$ 150 e R$ 200, abaixo da tarifa máxima prevista a preços de hoje pelo governo, de R$ 250.

Escrito por:

Agência Estado