Publicado 09 de Novembro de 2012 - 18h22

Por Agência Estado

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) reuniu-se na tarde desta sexta-feira com o deputado federal Gabriel Chalita (PMDB) para discutir a participação do PMDB em sua administração. De acordo com o coordenador do governo de transição, vereador Antonio Donato, ficou agendada uma próxima reunião para a semana que vem com a bancada de vereadores eleitos pelo PMDB na Capital para aprofundar a discussão. "Nós queremos construir um governo de coalização com corresponsabilidade e participação dos partidos que nos apoiaram (nessas eleições). Na semana que vem, teremos uma reunião com a bancada (peemedebista) para definir os espaços que serão ocupados", disse Donato, que foi o porta-voz de Haddad e Chalita.

 

Após o encontro, realizado na tarde desta sexta na sede do governo de transição, na região central da cidade, Donato afirmou que na semana que vem Haddad pretende anunciar o nome de alguns dos futuros secretários municipais de sua gestão. Dentre as primeiras secretarias que terão os titulares definidos, estão as pastas de Finanças e Negócios Jurídicos. Donato evitou citar prováveis nomes para esses cargos, destacando apenas: "Provavelmente serão anunciadas (as secretarias) que trabalham mais próximas do prefeito."

 

O coordenador do governo de transição falou também que ainda não iniciou conversas com o PSD do prefeito Gilberto Kassab a respeito do princípio da proporcionalidade para a composição da mesa diretora da Câmara Municipal. Atualmente, o PSD detém a presidência da Casa com o vereador José Police Neto. O líder do partido na Câmara, Marco Aurélio Cunha (PSD), garantiu que a sigla pretende disputar a reeleição para a presidência da Câmara.

 

No encontro desta sexta, Haddad agradeceu, mais uma vez, o apoio de Gabriel Chalita - candidato que disputou o primeiro turno das eleições na Capital - e o PMDB pelo apoio no segundo turno do pleito que definiu sua vitória. "Estabelecemos o agradecimento pelo apoio do PMDB e, especialmente do Chalita, que é amigo pessoal do Fernando Haddad", disse Donato. Nem Haddad e nem Chalita falaram com a imprensa.

Escrito por:

Agência Estado