Publicado 09 de Novembro de 2012 - 16h34

Por Raquel Valli

Este ano, o brasileiro pagou mais impostos do que no ano passado. Enquanto que em 2011, a marca de R$ 1,3 trilhão foi arrecadada em 21 de novembro, a mesma quantia o será em 2012 com nove dias de antecedência: às 18h da próxima segunda-feira (12), quando o Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) indicará a arrecadação.

O indicativo diz respeito ao pagamento feito pelo brasileiro em impostos federais, estaduais e municipais, contabilizados desde 1º de janeiro.

Para o presidente da ACSP, Rogério Amato, que também preside a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), quanto mais informadas as pessoas estiverem sobre a alta carga tributária do Brasil, mais fácil será para que cada um exija melhores serviços públicos.

'Queremos unificar as mais de 400 associações do Estado de São Paulo na busca incansável pela melhoria de vida do cidadão. O Impostômetro deve servir para que todos tenham consciência de que é fundamental lutar por transporte, saúde, educação e segurança pública de qualidade', disse ele.

O Impostômetro foi inaugurado em 20 de abril de 2005 e, em 13 de setembro de 2011, um portal foi lançado para que, através da internet, também seja possível ver o quanto o País, os estados e os municípios estão arrecadando.

A associação dispõe, também, de um site, intitulado Hora de Agir, cujo objetivo é pressionar o Poder Legislativo sobre o projeto de lei 1472/2007, que determina que o valor dos impostos seja discriminado nas notas fiscais.

A 'pressão' é feita com o envio de mensagens dos internautas aos deputados federais através de um link.

Fisicamente, o Impostômetro fica no n° 51 da Rua Boa Vista no Centro da cidade de São Paulo.

Escrito por:

Raquel Valli