Publicado 08 de Novembro de 2012 - 22h38

Por Gazeta de Piracicaba

Piracicaba registrou na noite de quinta-feira (7) e na madrugada desta sexta (8) dois homicídios e mais quatro tentativas pela cidade.

Entre as vítimas que sobreviveram aos atagues de marginais está um guarda civil, de 49 anos, que foi baleado na testa e nas costas quando passava de moto pela Rua Jules Rimet, na Vila Fátima.

Embora o comando da Guarda descarte qualquer hipótese de atentado, como o que tem ocorrido em São Paulo, o delegado Vicente Sampaio de Almeida Prado Junior, que registrou os fatos, detalhou em boletim de ocorrência que os marginais perguntaram para a vítima se ela era da polícia.

Ela respondeu que não, mas um dos marginais pediu ao comparsa que olhasse os documentos do guarda. Após uma briga, a vítima foi baleada.

Os homicídios envolveram Alan de Souza, 23, e Rosalino Duarte, 26, nos bairros Monte Cristo e Boa Esperança respectivamente. Cada um levou pelo menos três tiros. 

Escrito por:

Gazeta de Piracicaba