Publicado 08 de Novembro de 2012 - 12h07

Por Agência Brasil

A produção média de petróleo e gás na camada pré-sal registrou um novo recorde em setembro deste ano. Segundo dados divulgados hoje (8) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), foram produzidos 220,1 mil barris de óleo equivalente por dia, sendo 182,6 mil barris de petróleo e 5,9 milhões de metros cúbicos de gás natural. Houve crescimento de 8,3% em relação ao mês anterior.

 

Esse foi o terceiro mês consecutivo em que a produção do pré-sal ficou acima dos 200 mil barris de óleo equivalente. De acordo com a ANP, três novos poços entraram em operação em setembro, no campo de Baleia Azul, no Espírito Santo, operado pela Petrobras. Um deles já figura entre os 30 maiores poços produtores do país, com produção diária de 15,6 mil barris.

 

Os dados da ANP mostram que, apesar do crescimento na produção do pré-sal, houve queda de 4% na produção total de petróleo do país, que chegou a 1,92 milhão de barris por dia em setembro. Com uma produção diária de 318,1 mil barris de óleo equivalente, o campo de Marlim Sul, na Bacia de Campos, foi o maior produtor de petróleo e o segundo maior produtor de gás natural de setembro.

 

Já a produção de gás teve aumento de 9,9% entre agosto e setembro, chegando a 71,7 milhões de metros cúbicos por dia, segundo a agência. As operações no mar concentraram 89,9% da produção de petróleo e 76% da de gás natural.

Escrito por:

Agência Brasil