Publicado 06 de Novembro de 2012 - 13h38

Por Correio

A liberação de US$ 207 milhões (aproximadamente R$ 420,9 milhões) da CAF – Corporação Andina de Fomento/ Banco de Desenvolvimento da América Latina deve ocorrer para obras em rodovias do Estado de São Paulo. A informação é do governo estadual. O recurso será empregado em projetos já aprovados pela CAF que possibilitarão a realização de obras de recuperação, melhorias e modernização de rodovias estaduais não concedidas.

 

Os recursos serão repassados ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão ligado à Secretaria de Logística e Transportes (SLT). O pacote de obras prevê intervenções em 236 quilômetros de oito rodovias paulistas, ao longo de 18 municípios, inclusive do Circuito das Água. Mais 600 mil habitantes das cidades serão beneficiados. Estas rodovias apresentam condições de tráfego precárias, o que justifica a necessidade das obras. O início das obras está previsto para fevereiro de 2013.

 

Os editais de licitação internacional para contratação das empresas que executarão as obras e serviços do projeto Programa de Transporte, Logístia e Meio Ambiente foram publicados nesta terça-feira (6) no "Diário Oficial do Estado" (DOE). Os documentos de licitação serão recebidos na sede do DER, no bairro Ponte Pequena, zona Norte, até as 10h30 de 17 de dezembro de 2012, com abertura após o vencimento desse prazo de entrega de propostas. A concorrência segue as políticas da CAF e está aberta a licitantes dos países elegíveis pelo organismo financeiro.

A contrapartida do Estado será no valor de US$ 85 milhões. A CAF, com sede em Caracas, Venezuela, é um organismo financeiro multilateral formado por 18 países da América Latina e Europa, para promover desenvolvimento e integração regional, mediante operações de crédito para projetos do setor público e privado.

 

Rodovias beneficiadas

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Logística e Transportes, uma parte das obras será na SP-360, beneficiando os municípios de Amparo, Serra Negra, Lindóia e Águas de Lindóia, Circuito das Águas, com investimento orçado em R$ 100,8 milhões. Além das obras de recapeamento da pista e implantação de faixas adicionais, entre o km 135 e o km 178,472, o DER também executará serviços de implantação de dispositivos no km 137,8 (acesso a Monte Alegre do Sul), km 147 (acesso ao Bairro da Posses), km 149,1 (acesso a Vertentes), km 160 (acesso a Ramalhada), km 162,9 (acesso ao Hospital e Bairros), km 167,8 (acesso a Barreiros) e km 178,4 (acesso ao Oscar Inn Resort). Obras de contenção também serão executadas onde houver a necessidade. O prazo de execução das obras é de 18 meses.

A SP-226 recebe investimento de R$ 13,9 milhões em obras de recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos, entre o km 0,2 e o km 8,1, no município de Pariquera-Açu, no Litoral Sul. O prazo de execução dos serviços é de 4 meses.

 

Investimento orçado em R$ 58,5 milhões beneficiará a população da região de Taquarituba, Taguaí e Fatura, possibilitando a execução de obras na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249), entre o km 158,396 e o km 199,799. No local serão realizados serviços de recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos, com prazo de execução de 18 meses.

 

Ainda conforme a secretaria , a Rodovia Conde Francisco Matarazzo Junior (SP-253) também passará por obras de melhorias no trecho entre Santa Rosa de Viterbo e São Simão. Os serviços de recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos e implantação de faixas adicionais serão realizados do km 105 ao km 135,5, com investimento de R$ 44,5 milhões. Além disso, um dispositivo em nível será implantado no acesso a São Simão com a SP-332. O prazo de execução da obra é de 10 meses.

Antiga reivindicação da população da região, as obras de recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos serão realizadas na Rodovia Dona Leonor Mendes de Barros (SP-333), no trecho entre o km 295,485 e o km 314,285. O prazo de execução das obras é de um ano e o investimento orçado é de R$ 44,5 milhões.

 

Ainda na região de Assis, o acesso SPA-409/333 será melhorado com obras de recapeamento e pavimentação dos acostamentos em toda sua extensão, 3,42 km. O orçamento é de R$ 4 milhões e o prazo execução dos serviços é de oito meses.

 Em prazo de 18 meses serão executadas as obras para melhoria da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), entre os municípios de Parapuã e Martinópolis. O custo orçado é de R$ 74,6 milhões. No trecho, as obras a serem realizadas serão de recapeamento da pista, implantação de faixas adicionais e pavimentação dos acostamentos, do km 374,35 ao km 418.

 

Para a SP-463, dois trechos foram contemplados no financiamento. O primeiro entre os municípios de Clementina, Coroados-Bilac e Araçatuba, com a execução de obras de recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos, dispositivos e implantação de faixas adicionais do km 0,98 ao km 38,5. O prazo de execução da obra é de um ano, com investimento orçado em R$ 62,4 milhões.

No segundo trecho da rodovia Elyeser Montenegro Magalhães, somente em Araçatuba, serão realizados serviços de recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos e implantação de faixas adicionais do km 50,5 ao km 60, até o Rio Tietê. Além disso, serão realizados serviços para implantação de dispositivo em desnível no km 58,600 - acesso à destilaria Destivale, porto fluvial, hotel e condomínios. O prazo de execução da obra é de oito meses e o investimento orçado é de R$ 20,3 milhões.

Escrito por:

Correio