Publicado 06 de Novembro de 2012 - 13h19

Por Agência Estado

Trem-bala da empresa Alstom que opera na Europa

Divulgação

Trem-bala da empresa Alstom que opera na Europa

O presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, confirmou que o edital para o operador do Trem de Alta Velocidade (TAV) deve ter redução de exigência para cinco anos de experiência em operação, sem registro de acidentes graves. "Temos que reconhecer que o coreano desenvolveu a tecnologia, opera e nunca teve acidentes", disse. "Não tinha sentido excluir o segmento que é importante".

 

Sobre a possibilidade de questionamento da redução de exigência de experiência, Figueiredo afirmou que ele disse que pode ser feita a leitura inversa, de que a exigência de 10 anos era pra excluir participantes do processo. "Não é uma coisa, nem outra. É pra ampliar o processo de competição e reconhecer o grupo que opera sem acidentes".

Escrito por:

Agência Estado