Publicado 05 de Novembro de 2012 - 17h19

Por Agência Brasil

Perigo nas estradas

Sérgio Masson/Gazeta de Ribeirão

Perigo nas estradas

No feriado prolongado do Dia de Finados, 17 pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito nos 22 mil quilômetros de rodovias estaduais de São Paulo. No total, ocorreram 767 acidentes, que deixaram 442 pessoas feridas. O balanço foi divulgado hoje (5) pela Polícia Militar (PM) de São Paulo.

Em comparação com os mesmos três dias do feriado prolongado de 12 de outubro deste ano – Dia de Nossa Senhora Aparecida - quando 32 pessoas morreram em acidentes de trânsito nas rodovias paulistas, houve queda de 46,9% no número de mortes.

Já em relação ao número de acidentes, houve redução de 22,7%, passando de 992 casos no feriado prolongado da padroeira do Brasil para 767 no feriadão de Finados. Houve também diminuição no número de feridos: 493 no feriado de outubro e 442 no de novembro, representando queda de 10,3%.

Segundo a PM, do total de mortos, 65% ocorreram em acidentes envolvendo colisões frontais, atropelamentos e capotamentos. Nesse tipo de acidente, cinco mortes ocorreram por imprudência dos motoristas ao fazer ultrapassagem e três por atropelamentos.

Durante a Operação Finados, a PM informou que foram registradas ainda 273 autuações por embriaguez ao volante e 44 prisões em flagrante por cometimento de crimes diversos. A PM não analisou as estatísticas do Dia de Finados de 2011 porque não houve feriado prolongado.

Escrito por:

Agência Brasil