Publicado 11 de Novembro de 2012 - 9h32

Por France Press

Ao menos treze pessoas morreram e 40 ficaram feridas no centro de Mianmar, devido a um forte terremoto que foi seguido de várias réplicas, disse à AFP neste domingo a organização humanitária Save The Children.

 

De acordo com o balanço da ONG, que possui escritórios na região, foram contabilizadas 13 vítimas em quatro localidades próximas ao epicentro. A organização advertiu que existe um risco de "novas réplicas fortes".

 

Pouco antes, um funcionário do governo havia dito à AFP que ao menos duas pessoas haviam morrido, três estavam feridas e cinco estavam desaparecidas.

 

O terremoto, de magnitude 6,8 segundo o Instituto de Geofísica norte-americano (USGS), aconteceu a uma profundidade de 10 km, a 117 km ao norte de Mandalay, disse o instituto.

 

O fenômeno ocorreu às 07H42 local (01H12 GMT; 23H12 de sábado em Brasília) e foi seguido por duas réplicas de magnitude 5,0, cerca de 20 minutos mais tarde.

 

De acordo com um relatório recebido pela AFP da organização Save The Children, quatro das vítimas são operários que trabalhavam em uma ponte sobre o rio Irrawaddy. Outras duas pessoas morreram em decorrência da queda de um monastério no norte de Mandalay. Seis pessoas morrem em Sint Ku, e mais uma em Mandalay.

Escrito por:

France Press