Publicado 28 de Novembro de 2012 - 10h27

O ano foi marcado por um degelo sem precedentes no Ártico e períodos de frio extremo

FRANCE PRESS

O ano foi marcado por um degelo sem precedentes no Ártico e períodos de frio extremo

Em 2012 ocorreram fenômenos extremos em todo o mundo, em particular no hemisfério norte, com grandes ondas de calor, mas também um degelo sem precedentes no Ártico e períodos de frio extremo, indicou nesta quarta-feira em Genebra a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

 

O ano começou com um episódio do fenômeno climático La Niña de intensidade moderada que provocou o esfriamento extremo do clima e continuou com um aumento importante das temperaturas, indicou a agência especializada e a ONU.